Copo de 3: Cartuxa 50 Anos tinto 2011

17 fevereiro 2016

Cartuxa 50 Anos tinto 2011

Cinquenta anos depois de Vasco Maria Eugénio de Almeida ter criado a Fundação Eugénio de Almeida, nasce este precioso néctar em jeito comemorativo. Um vinho arrebatador e do melhor que tive a oportunidade de beber no ano de 2015 tal a qualidade com que nos conquista mal cai no copo, naquele que é um dueto perfeito entre a Alicante Bouschet e a Syrah. Na verdade estes novos vinhos que têm sido lançados pela Adega da Cartuxa (Alentejo) têm atingido todos eles um patamar muito alto de qualidade. Este vinho, com preço a rondar os 40€, em tudo especial mostra-se denso, escuro, misterioso e com uma complexidade que se vai desenrolando no copo de forma fantástica. A fruta carnuda e sumarenta aparece fresca, bem delineada, um deleite para os sentidos, a explodir de sabor no palato em conjunto com algum herbáceo, cacau entre outros. Um verdadeiro colosso com anos de vida pela frente que fez as minhas delícias preenchendo os mais altos requisitos. Fantástico. 96 pts

2 comentários:

Flavio Henrique disse...

Caro João Pedro,

Fico salivando só de olhar para a garrafa... Pena que talvez esse vinho não chegue aqui. E se chegar, nos custará os olhos da cara (no mínimo, 100 Euros).

Abraços,

Flavio

João Pedro Carvalho disse...

Flávio, este vinho está inserido num conjunto que celebra os 50 Anos onde constam outros quatro vinhos: um fantástico Branco (com curtimenta), Colheita Tardia (Riesling de vinhas atingidas por podridão nobre) e dois Licorosos (estagiados em barricas com as antigas madeiras exóticas onde estagiava o Pêra Manca dos anos 90).

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.