Copo de 3: Protocolo 2010

14 Setembro 2012

Protocolo 2010

Porque sempre gostei de conhecer o que por cá se faz e se foi fazendo, conhecer o passado para melhor entender o presente, também é verdade que sempre tive o gosto e a curiosidade em provar e descobrir o que outras paragens têm para oferecer. É devido a essa procura e a esse prazer da descoberta que em determinado momento da minha vida enófila encontrei o vinho que agora falo, não esta mas outra colheita mais antiga. É um vinho que nasce sobre a chancela de uma das mais importantes famílias do vinho em Espanha, Eguren, cujos "caldos" são de notável qualidade, desde os seus topos de gama (Alabaster, El Puntido, La Nieta, Amancio, Finca El Bosque ou o branco Organza) até este vinho de entrada de gama de nome Protocolo. O Protocolo é produzido no Domínio de Eguren, uma adega pensada para produzir vinhos ao melhor preço, abastecida por 15 vinhas espalhadas por Castilla-La Mancha, localizadas a cerca de 700 metros de altitude com idades compreendidas entre os 30-70 anos e produção controlada. A produção é alta, tal como o rigor do trabalho efectuado, este Protocolo (100% Tempranillo) custou-me numa pequena garrafeira do sul de Espanha a módica quantia de 2,50€ e teve direito a estágio em barrica de carvalho americano de 1-3 anos durante 3 meses.

Mostra pela prova que a fama e o proveito do nome Eguren não é um acaso, o vinho tem brilho próprio e pelo preço revela-se assustadoramente apelativo e arrebatador, direi mais, será muito complicado arranjar rival no seu patamar de preço/qualidade. O aroma é limpo e tipicamente varietal embora nada rectilíneo, limpo e fresco, com muita fruta vermelha (framboesa, frutos bosque) embrenhada no aconchego da madeira (baunilha) que lhe dá algum volume, terminando com especiaria. Boca de corpo mediano, bem delineado e estruturado, saboroso, dentro do que oferece sente-se a fruta, sente-se frescura, no fundo taninos conferem-lhe ainda tempo de vida, quiçá 1 ou 2 anos pela frente, o vinho vai desaparecendo dos copos e da garrafa, olhamos e não há mais... a boa prestação à mesa é de louvar.

É compra obrigatória para todos aqueles que o conseguirem encontrar,  esgota rapidamente e o preço a isso ajuda. 89 pts

Sem comentários:

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.