Copo de 3: Quinta dos Murças Reserva 2008

25 junho 2013

Quinta dos Murças Reserva 2008

É o topo de gama resultante da incursão da Esporão em terras Durienses com a compra da Quinta dos Murças, que surge no mercado em formato Reserva. Um vinho capaz de mostrar todo o potencial e complexidade das vinhas velhas desta região, teve direito a todos os mimos que a região concede, desde a pisa a pé em lagar de granito ao estágio (12 meses) nas melhores barricas de carvalho Francês e Americano.

Este Reserva 2008 apresenta-se com vénia, elegante e de aprumada complexidade, fruto da sua enorme classe. Elegante de aromas, fruta (groselha, amora, cereja) fresca e muito bem delineada com banho de chocolate, baunilha e ervas de cheiro. Envolvente e cativante, desdobra-se no copo com o passar do tempo, profundo com toque balsâmico, folha de tabaco, toque fumado. Um belíssimo vinho do Douro, com uma prova de boca a condizer com o que já foi escrito, estrutura coesa mas muita finesse, frescura e sabor da fruta a marcar bem a passagem no palato. A ligeira secura que mostra ter no final é um bom presságio para os tempos que ainda pode dormitar na garrafa, mas resistir-lhe agora é complicado.

O preço ronda os 20€ e justificam plenamente o investimento, um vinho que se pode beber agora ou daqui por um bom par de anos. Um regresso a uma zona que o enólogo da casa (David Baverstock) tão bem conhece, o resultado só poderia ser este belíssimo vinho. 94 pts

Carrillera de Ternera de Aliste a baja temperatura al vino tinto y setas de Sanabria (Restaurante El Rincón de Antonio - Zamora)

1 comentário:

Flavio Henrique disse...

Prezado,
Concordo em gênero, número e grau! Este vinho tem tudo o que gosto em um vinho, e deve ganhar muito com alguns anos em adega.
Abraços,
Flavio

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.